Aline de Beuvink

Professora e Comentadora

Aline Gallasch-Hall de Beuvink é professora auxiliar da Universidade Autónoma de Lisboa e investigadora (do CIDEHUS) e coordenadora da licenciatura em História na mesma universidade. 

Foi bolseira da FCT para o Doutoramento em História, que defendeu na Universidade de Évora em 2012, com a dissertação A cenografia e a ópera em Portugal no século XVIII: os teatros régios, 1750-1793, sob a orientação de Fátima Nunes e Rui Vieira Nery.  

Fez o Mestrado ("A Expressão Egipcizante d'A Flauta Mágica de Mozart") orientada por Luís Manuel de Araújo e Mário Vieira de Carvalho, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde tirou a licenciatura em História da Arte. Nesta faculdade foi responsável pelas Atividades Culturais do Departamento de Língua e Cultura Portuguesa entre 1999 e 2007. Foi professora também na Faculdade de Letras (1999-2007) e na Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa (2010-2012). 

Tem vários artigos em revistas e publicações científicas nas suas áreas de interesse, bem como conferências em vários congressos nacionais e internacionais. Publicou dois livros sobre teatros régios (Ressuscitar a Ópera do Tejo - o desvendar do mito; O Real Teatro de Salvaterra de Magos: a Reconstrução de uma Memória) e tem mais 4 livros no prelo. 

Foi deputada municipal em Lisboa entre 2009-2013 e, mais recentemente, entre 2017-2021, pelo Partido Popular Monárquico, partido no qual é Vice-Presidente desde 2014. Mais recentemente, é comentadora da atualidade política e cultural na SIC Notícias, participando no programa semanal “Malditas Segundas-feiras". É colunista do Jornal NOVO