Zarifa Ghafari

ativista, política e empresária afegã

Zarifa Ghafari é ativista, política e empresária afegã. Em novembro de 2019 tornou-se Presidente da Câmara de Maidan Shahr, a capital da província de Wardak, no Afeganistão. É uma das poucas Presidentes de Câmara na história do Afeganistão e a mais jovem – eleita aos 26 anos.

Conhecida pelos seus esforços na promoção dos direitos das mulheres no Afeganistão, Zarifa teve uma carreira difícil na política. A sua nomeação como Presidente de Câmara em julho de 2018 – numa região conservadora com amplo apoio dos Talibãs – foi adiada por nove meses devido a protestos e ameaças de políticos locais sobre a sua idade e género. Depois de assumir funções como Presidente de Câmara enfrentou ameaças de morte dos Talibãs e do ISIS e sobreviveu a três tentativas de assassinato. Zarifa responsabiliza os Talibãs pela morte do seu pai assassinado por homens armados em novembro de 2020.

Enquanto Presidente de Câmara, Zarifa tornou-se um modelo para as mulheres no Afeganistão. Desenvolveu uma campanha contra o lixo e fez um apelo especial ao Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, para salvaguardar os direitos das mulheres após as incertezas colocadas pelas negociações entre os Talibãs e os EUA. Em 2020, Zarifa foi escolhida como Mulher de Coragem Internacional pelo Secretário de Estado dos EUA.

Após a tomada do poder no Afeganistão pelos Talibãs em meados de agosto de 2021, Zarifa fugiu com o seu marido, mãe e cinco irmãs. O governo alemão concedeu-lhe asilo e agora reside na Alemanha.